3ª Etapa do Circuito Beneficente de Corridas Óticas Winnikes – Etapa Gui Darin

Hoje, domingo, 23, fui prestigiar a etapa de encerramento do Circuito Beneficente patrocinado pelas Óticas Winnikes.

A corrida ocorreu no Parque Barigui, com provas de aproximadamente 5 e 10K e mais uma vez mostrou-se muito bem organizada pelo pessoal da Brasil Runner’s.

A instituição beneficiada nesta etapa é o instituto Guilherme Darin – Gui Darin, entidade filantrópica de âmbito nacional, beneficente, voltado à defesa dos direitos e ao atendimento social e educacional gratuitos de segmentos mais vulneráveis da população constituída por crianças, jovens, adultos e idosos, em situação de risco social ou com deficiências. A prova arrecadou mais de R$4.000, segundo informação divulgada pelo locutor da prova!

Como minha meta é a Meia Maratona, optei por não correr tendo em vista que acabei de participar do desafio de 18K na Maratona de Curitiba, mas mesmo assim, fui conferir a prova.

Adorei encontrar amigos e principalmente conhecer algumas amigas até então apenas “virtuais”.

Seguem algumas fotinhos!

Troféus e Medalhas. Esta prova ainda premia os primeiros colocados com óculos Nike e os primeiros de cada categoria dos 10K com tênis

Troféus e Medalhas. Esta prova ainda premia os primeiros colocados com óculos Nike e os primeiros de cada categoria dos 10K com tênis

Com a Ana Paula, do grupo "Loucas por Corridas" - Pensa em uma mulher que corre  rápido!

Com a Ana Paula, do grupo “Loucas por Corridas” – Pensa em uma mulher que corre rápido!

As sempre super animadas meninas do "The Running Mons"

As sempre super animadas meninas do “The Running Mons”

Com a linda Chris, que aproveitou pra conhecer e encomendar um CoolBelt pra ela!

Com a linda Chris, que aproveitou pra conhecer e encomendar um CoolBelt pra ela!

E o papai Michel, que sempre corre com o super especial Gabriel. Eles estão se preparando para a São Silvestre!

E o papai Michel, que sempre corre com o super especial Gabriel. Eles estão se preparando para a São Silvestre!

Anúncios

Maratona de Curitiba 2014

Finalmente consegui um tempo pra falar da prova de domingo!

Dia 16 ocorreu a principal corrida de rua do calendário curitibano. Conforme esperado, o evento foi uma enorme festa. As provas paralelas garantiram muita gente no Centro Cívico, além dos milhares de guerreiros que enfrentariam os 42K, o que deixava o clima de endorfina ainda mais evidente.

Além da prova principal, havia também uma caminhada de 3K e provas de 5 e 10K. Ou seja, qualquer que fosse seu condicionamento físico, você poderia participar!

Eu, que corri a convite da Latin, optei por participar da prova principal, da Maratona, mas apenas como parte do meu treinamento para estrear em uma Meia, prevista para janeiro. Assim, mesmo ciente da minha desclassificação, optei por largar do km 24 e correr os dezoito quilômetros finais da prova, participando de um desafio organizado pela minha assessoria.

km24

Para não atrapalhar a prova, a assessoria montou um ponto de apoio na Rua Guilherme Pugsley, bem ao lado da placa do km 24.

Primeiro, ficamos na torcida pela passagem da elite e dos amigos mais rápidos. Depois, os técnicos  foram liberando os atletas para correr somente na medida em que os maratonistas já passavam mais ou menos no pace que haviam se preparado para correr. Assim, não atrapalhavamos a passagem dos maratonistas, pois não havia um “bolo” para começar a correr e também não havia chance de, por exemplo, alguém chegar antes ou junto com a elite…

Assim, calculando-se pelo meu pace, larguei apenas às 9h20, com Sol forte.

Apesar de ter passado protetor solar, o Sol estava queimando e confesso que tive medo de quebrar pelo calor. Mas a organização da prova estava impecável e não faltou água (a cada 3,5K) e nos 18 km finais, dois pontos, ainda, de isotônico.

Além disso, em alguns pontos havia a distribuição de água e/ou Coca-Cola por expectatores, torcedores… em vários pontos haviam grupos, ou até mesmo uma pessoa sozinha aplaudindo, incentivando… Se isso ajudou muito a mim que corri menos da metade da prova, imagina para quem correu toda a maratona!

Quanto ao meu medo de quebrar, nos últimos treinos eu vinha experimentando diversas marcas de géis de carboidrato, tudo para obedecer a estratégia definida pelo meu técnico. Deu certo: achei alguns bem gostosinhos e perto dos km 6 e 12 (aproximadamente 40 min de prova), eu retirava o gel do meu Coolbelt (sim! “Merchand” mas que merece ser feito! use o cupom de desconto CORREMULHER !), tomava o gel assim que via o ponto de hidratação para poder descartar a embalagem onde seria facilmente recolhido e também para ter a água logo em seguida, e bem hidratada, com água na nuca… não quebrei!

chegada

Consegui terminar os meus 18.610m em ritmo constante – variando de 6:04 a 6:25, terminei em 01:56:24 e ainda tive forças pra fazer mais uns 200metros pra chegar (de novo!) com meu marido, que largou depois de mim e por isso chegou 10minutos mais tarde.

Mas impressionante, mesmo, é acompanhar os maratonistas… 42k não é pra qualquer um. Correr ao lado de quem está realmente se superando a cada passo, vencendo uma enorme batalha… Como disse meu marido, que também participou do desafio, às vezes, por mais que inscritos na prova, até dava uma certa vergonha de estar ali… se passávamos alguém, não tinha mérito algum.  E, que força todos aqueles que nos passaram! Esses sim mereciam todos os aplausos!

A única coisa chata, a única coisa que estragou um pouco a festa, foi saber, logo que cheguei na barraca da assessoria, que o Eduardo França, único cadeirante a participar da prova, havia sido chamado ao palco e recebido um cheque simbólico de R$ 340,00, mas no final disseram que ele teria que devolver o cheque e que não tinha direito ao prêmio, posto que o prêmio previsto para PNE (Portador de Necessidade Especial) seria apenas para deficientes visuais… situação bem chata…

Mas fico feliz em poder dizer que em contato com a Prefeitura Municipal de Curitiba, a situação parece que foi resolvida e o Eduardo vai, sim, receber o prêmio em dinheiro!

☆Em tempo: hoje, 19 de novembro, recebi ligação da Latin Sports confirmando a informação acima. Apesar do equívoco na hora da premiação no palco, já entraram em contato com o Eduardo e farão o depósito bancário do prêmio. Ainda, informaram que estão desde já discutindo com a Secretaria de Esportes de Curitiba as alterações necessárias do regulamento para que se inclua a premiação para cadeirantes nos próximos anos.
Latin Sports, fica aqui registrada a minha admiração pela pronta solução do problema! ♡♡♡

Um orgulho de parceria!

Eu não me aguento! Preciso contar pra vocês que estou muito orgulhosa da parceria fechada pelo blog Corre,Mulher! com a @coolbeltcuritiba!
Olha a novidade que prometi!

image

Vocês já conhecem as cintas que resolvem todos os seus problemas em carregar chaves, celular, dinheiro, gel de carboidrato, ipod etc na hora de correr ou malhar?
Pois então!  Agora quem é de Curitiba pode encomendar diretamente comigo ou podem comprar pelo site, com o cupom de desconto CORREMULHER!
Eu estou super feliz com o meu #coolbeltcuritiba  mas não consegui fazer meu review ainda. E quem disse que eu aguentava esperar pra divulgar?
Você já conhece? Conta o que acha pra gente! Quer conhecer? Entra em contato comigo – pode ser por aqui ou pelo email…

Tudo de bom

Sim, eu já acho que correr é tudo de bom.

Agora imagina juntar a corrida, com uma paisagem incrível, com show ao vivo, luau na praia e ainda fazer o bem?

Então, uma prova em Balneário Camboriú deve reunir isso tudo e muito mais… Segue o release:

“A primeira prova organizada da GV Life, nova empresa do Grupo GV focada em eventos esportivos e sociais, vais acontecer no final de novembro em Balneário Camboriu. A corrida Run for More, que reverte parte do valor de suas inscrições para o projeto social More – que já beneficiou através de cultura e esporte mais de 3 mil crianças no Brasil, – vai acontecer no domingo, 30, mas, desde sexta-feira, dia 28  de novembro, acontecerão as atividades do Weekend for More, um evento desenvolvido para que durante todo o final de semana que antecede a prova aconteça uma dscontraida integração social entre os competidores.

 A Run For More será realizada pela poderosa marca de suplementos Mynt com provas de 3, 5 ou 10 Km, e cerca de 2 mil competidores entre amadores e profissionais, de 18 a 60 anos, são aguardados para o evento.

 O More Weekend

      O More Weekend vai compor uma serie de atividades entre shows e prática de esportes na praia. A integração com a natureza num cenário paradisíaco, a Praia Brava, vai ser um excelente esquenta para os competidores que, no domingo 30, estarão na Run for More, uma prova com outro sentido.

 Veja a programação:

 28 de novembro / sexta-Feira 

A partir das 22 horas

O que: Luau da Brava – Show nacional com Chimarruts

Onde: Brava Day Club – Praia Brava – Balneário Camboriu

 29 de novembro / sábado

A partir das 14h horas

O que: Beach Day – Múisca ao vivo á beira mar, piscina, pratica de esportes como beach tênis, vôlei, frisbee, slackine,  outros. Entrega dos kits da Run for More

Onde: Brava Day Club – Praia Brava – Balneário Camboriu

 29 de novembro / domingo

A partir das 8 horas

O que: Run for More – Uma corrida com outro sentido

Onde: Largada na Barra Sul

Para saber mais:

http://runformore.com.br/

Run for More: https://www.youtube.com/watch?v=JUIIvWE8xk0

More Weekend: https://www.youtube.com/watch?v=Cl-k0zPSAiQ

 

SORTEIO

promo

O @CorreMulher – nosso perfil no Instagram – vai sortear uma inscrição para a CORRIDA #runformore que ocorrerá dia 30 de novembro!
Mas ATENÇÃO! O sorteio é apenas da inscrição e seu respectivo kit a ser retirado um dia antes pela atleta sorteada. Não envolve demais eventos, custos de viagem, alimentação ou hospedagem.
Quer participar? Curta o perfil @corremulher no Instagram e marque ao menos 2 amigas nos comentários da foto (#fotooficial). O #sorteio será pelo perfil, então vários comentários do mesmo não aumentarão as chances.
O resultado será divulgado no próximo sábado!