Quem tem medo de correr na rua?

PhotoGrid_1397324544253

Volte e meia ouço alguma amiga comentando que “queria tanto correr” mas não consegue pois não tem nenhum parque perto de casa. Outras correm apenas na esteira, quando queriam treinar no asfalto… O motivo? Medo de correr na rua.

Não vou dizer que a violência não existe. Existe, sim. Nem vou dizer que nunca nenhum corredor foi atropelado… Não vou dizer que o medo é besteira. Não é.

Eu mesma, quando comecei a correr, travava de medo ao pensar em sair à noite e só cogitava treinar em parque, mesmo de dia.

Hoje, no entanto, acho que a “coragem”  foi um dos efeitos colaterais que a corrida me trouxe.  Acredito que com o hábito e alguns cuidados básicos, a gente consegue se virar mesmo sendo mulher, mesmo correndo sozinha, mesmo muito cedo ou à noite…

A seguir, então, algumas dicas que, embora pareçam bobinhas, serviram para mim e podem, quem sabe, ajudar a dar coragem a mais alguma menina que queria treinar na rua:

1)    Busque correr em locais com boa iluminação e com movimento:

Quando corro pela manhã, entre 5h30 e 6h00 da manhã, não vejo problema em correr perto de casa. A região é bem iluminada e tem bastante movimento de carros e pedestres. Como a região é bem abastecida de linhas de ônibus, tem muita gente acordando cedo e indo trabalhar. Por outro lado, à noite, a região predominantemente residencial “morre” à noite. Então, quando o treino é noturno, prefiro correr em outros locais (como por exemplo nos arredores da Praça do Japão, que já citei em posts no Facebook e Instagram). Regiões onde há mais comércio, bares ou restaurantes, tem mais vida noturna e consequentemente mais segurança.

2)    Deixe a carteira e objetos de valor em casa

Além de ser melhor correr sem bagagem, quanto menos coisas tiver a mostra, menos medo de ser assaltada terá. Eu sei que meu Polar não é lá tão barato, mas acredito que não seja um artigo de fácil comercialização no “mercado paralelo”, então é a única coisa que vai comigo. Quem vê uma pessoa correndo de shorts e regata, vê que não tem bolsa pra ter carteira ou celular… Ah, você corre com o celular que acabou de lançar? Nem tudo está perdido… mas quando eu corria com celular preferia uma manguinha curta mais larguinha pra cobri-lo um pouco. Eu, pelo menos, sentia menos medo assim…  O ideal é carregar só a chave (de casa ou do carro).

3)    Deixe o fone de ouvido em casa

Se vai correr na rua, o ideal é estar bastante atenta ao trânsito. Aqui em Curitiba, muita gente (inclusive eu, às vezes) usa a canaleta exclusiva de ônibus para correr. Como não quero ser surpreendida pelo maior ônibus do mundo (sim, ele roda por aqui…), eu prefiro não me distrair. Se você não corre sem música, pelo menos deixe num volume razoável, que não te deixe alheia a todo o resto do mundo…

Observação: Por outro lado, o fone de ouvido até ajuda você a fingir que não ouviu alguma cantada barata de alguém por quem você passou. Sim, elas acontecem. Tem homem que parece que nunca viu uma perna feminina… É só seguir em frente…

4)    Não pense duas vezes antes de parar em um cruzamento

O treino não vai ser perdido se você parar um pouquinho. Melhor dar uns pulinhos no lugar  ou fazer pequenos círculos na calçada por alguns minutinhos do que ser atropelada! O tempo de um semáforo mal deixa a frequência cardíaca cair e tem que lembrar que treino é treino, prova é prova. Você e seu técnico, principalmente, saberão avaliar o pace tirando os tempos dos intervalos. Fique tranquila!!!

5)    Deixe as roupas pretas pra outra hora

O que emagrece não é a cor da roupa de treino, é o treino em si! Principalmente se vai correr muito cedo, quando ainda está escuro, ou à noite, use roupas claras e se possível com detalhes refletivos. Você quer ser vista pelos motoristas, ciclistas e quem mais estiver no trânsito.

6)    Parece óbvio, mas… Atravesse nas faixas de pedestre!

Regras de trânsito são para todos, não só para quem está dirigindo. Os riscos de acidente serão minorados se você fizer a sua parte.

7)    Corra com amigos

Se ainda assim não se sentir segura, tente combinar com amigos nas primeiras vezes. Em grupo, os riscos de assalto são ainda menores. E também, mais fácil de ser visto. Só tem que cuidar com as regrinhas básicas de trânsito, pra não querer alcançar o grupo e passar num cruzamento sem olhar pros lados… melhor ficar para trás por alguns minutinhos, né? E certeza que os amigos diminuirão o passo um pouquinho para esperar quem ficou pra trás…

Anúncios

6 pensamentos sobre “Quem tem medo de correr na rua?

  1. Olá, tudo bem?? Faz pouco tempo que nos conhecemos no Instagram e estes dias vi em seu perfil que tinha um blog, então hoje vim conhecer 🙂
    Adorei as dicas!! Eu sou bem destas medrosas kkk Aqui perto de casa, que é periferia de Sp não me sinto segura e também a única via que tem aqui perto é do ladinho do trânsito, que tem muuuita poluição, fumaça de carros etc 🙂 Então acabo treinando na academia durante a semana e vou a algum parque nos fins de semana. Mas queria ter menos receio, pois este feriadão por exemplo, a academia fecha e não vai dar para eu ir ao parque todos os dias por ser longe… então vou tentar arriscar aqui pelas redondezas mesmo rsrsrs Acho que vou preferir pela manhã 🙂

    Muuuito obrigada pelas dicas, achei super útil, vou seguí-las e procurar outras alternativas de trajetos no meu bairro, sem ser a via dos carros e que sejam lugares onde eu me sinta mais segura, até porque treinar em academia todo dia, na esteira , olhando para uma parede branca é dose né rsrs assim vou ter mais opções 🙂 Beijossss e boa tarde!!

  2. Carlinha, seu post está super completo. Parabéns!
    Eu corro na rua (calçada/meio fio) em praticamente todos os treinos. Já fui atacada/assediada duas vezes (por tarados mesmo), mas já superei. Corro com celular na mão por causa disso. Acredito que pensamento bom atrai coisa boa. Tem que cuidar, prevenir e curtir a corrida. Se formos pensar apenas na violência, a gente não sai de casa e não aproveita a vida. E a vida, ela voa…
    beijos e boa semana.
    Helena
    Blog Correndo de bem com a vida
    @Correndodebem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s