Pão de Batata Doce com Chia

Embora esta não seja uma receita com calorias reduzidas, muito menos para intolerantes, celíacos ou veganos,  é uma receita com escolhas saudáveis.

Eu resisti um pouco para comprar uma máquina de pão, mas optamos por comprá-la, lá em casa, por dois motivos:

1. Acordar com cheirinho de pão, quentinho. Não tem despertador melhor! Normalmente o pão é feito para os dias que não treinamos cedo, já para podermos pular da cama e comer o pão tão logo fique pronto, mas já programei algumas vezes para o horário da volta do treino… também funciona bem, embora a gente tenda a exagerar…

2. Poder saber exatamente o que e a qualidade do que estamos consumindo, sem conservantes, sem açúcar, pães verdadeiramente integrais ou sem glúten…

IMG_20140407_064833

No entanto, algumas vezes me dou ao luxo de fazer receitas um pouco mais calóricas, mesmo não abrindo mão de “agregar valor” nutricional a elas, pra diminuir ao menos o peso da consciência… o pão de hoje foi o seguinte (já com minhas adaptações)

Ingredientes para um pão de 600

  • 1 copo (medida da máquina) de leite com 1 ovo: Coloque o ovo no copo e complete com o leite
  • 2 colheres (sopa) de óleo de coco. A receita original era de margarina.
  • 1 copo de batata doce cozida e bem amassada.
  • 1 colher (chá) de sal (eu sempre coloco só uma pitada, sem medida exata)
  • 2 colheres (chá) de calda de agave (a receita original era de açúcar)
  • 3 copos de farinha de trigo especial – aqui, usei 2 copos de farinha branca (às vezes uso, quando quero muito conseguir uma massa fofinha… e 1 copo de farinha integral)
  • um punhado de chia
  • 2 colheres (chá ) de fermento biológico seco ou 1/2 tablete de fermento fresco esfarelado.

Siga as instruções da máquina (primeiro os ingredientes líquidos, depois a farinha, por último o fermento). Opte pelo ciclo sanduiche para uma casquinha mais macia. Por levar leite e ovo, não programe para começar a bater a massa horas depois. Eu coloquei tudo na máquina e liguei imediatamente e fui dormir. Perdi o pão quentinho ao acordar, mas não deixei o ovo e o leite em temperatura ambiente por horas para não correr o risco de fermentar e estragar… Embora frio, o pão estava super macio e uma delícia pela manhã!

Olha, se não exagerar nos pães “gordinhos” e nas misturas prontas, a máquina de pão pode, sim, ser uma super aliada na alimentação, viu? Eu adoro!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s