Verde que te quero Rosa

verderosa

Entrando em ritmo de carnaval, o título de hoje vem parafrasear o grande Cartola, mas na verdade, não falarei da Mangueira (minha escola preferida!), mas sim da “onda” dos sucos detox.

Já falei no facebook e no Instagram do Suco Verde, tanto o industrializado (da simpática marca carioca Do Bem), quanto o caseiro – cuja minha receita é justamente a lista de ingredientes constante da caixinha do suco comprado pronto, mas agora, finalmente, tive a coragem de fazer o Suco Rosa.

Desde que comecei a correr, ouço falar dos benefícios da beterraba, mas não sei porque, sempre tive um certo preconceitos e nunca consegui inclui-la na minha alimentação.

Agora, finalmente, resolvi experimentar, fazendo o suco da moda para o café da manhã. E não é que é bom?

Mas qual escolher?

O suco verde, que costuma ter por base a couve, segundo o site do “Correio do Estado” é rico em clorofila, que além de ajudar a emagrecer, fortifica o sistema imunológico, elimina as toxinas e ainda ajuda a limpar o intestino. Para garantir esses benefícios, o segredo é tomar um copo generoso do suco feito com folhas verdes, frutas, legumes, brotos ou sementes pela manhã, ainda em jejum.”

Quanto ao Suco Rosa, o mesmo site explica:

“Ele promete melhorar em até 10 % a performance física, além de ajudar na recuperação das fibras musculares e ajudar a deixar os quilinhos a mais de lado. O que atestou esses benefícios foi uma pesquisa publicada no Journal of Applied Physiology, nos Estados Unidos.

Base do suco rosa, a beterraba ganhou força entre especialistas após o estudo do professor Andy Jones ser publicado no Journal of Applied Physiology, sugerindo os inúmeros benefícios da raiz. Além de melhorar a performance física e ajudar na saúde muscular, ela é fonte importante de nutrientes e dá resistência ao organismo.

Um dado importante que a pesquisa traz é que a beterraba possui um ingrediente que estimula a produção de óxido nítrico no organismo e, por isso, ajuda a diminuir a quantidade de oxigênio consumida pelo corpo. Assim, o consumo da raiz antes de praticar exercícios ajuda no desempenho e ainda ajuda a demorar mais para chegar a exaustão. Ou seja, disposição!

Adocicada e ótima em saladas e pratos quentes, especialistas dizem que o melhor é consumir a beterraba crua.

— Crua, a beterraba continua com todos os nutrientes e fibras intactas, o que ajuda a concentrar o açúcar natural da raiz. Para o suco, é melhor consumi-la assim. Ela irá adoçar e ainda a bebida ficará com o teor de fibras elevado.

Quem explica é a nutricionista de São Paulo, Erica Veloso. Segundo a especialista, a raiz roxa tem apenas 43 calorias em 100 g.

Além disso, o suco é rico em flavonoides, assim como o chá de hibisco e, por isso, é um ótimo aliado na retenção de líquidos pelo organismo. Das substâncias, ele tem mais antocianinas, que são poderosos antioxidantes, protegem o sistema cardiovascular e melhoram a circulação sanguínea, evitando a retenção de líquidos. Os flavonoides ainda possuem ação anti-inflamatória, que desincha as células do organismo e ajuda a dar adeus a alguns quilinhos!”

 

Assim, o que entendo é que ambos são ótimos para manter a forma, porém, o suco verde é ideal realmente para aqueles dias que o corpo pede uma desitoxicação (seria a quarta de cinzas??) enquanto o rosa realmente é o mais indicado para o pré-treino, por aumentar a disposição e diminuir o consumo de oxigênio (melhora no VO2max – leia aqui e também aqui)

 

Receitinhas???
Sim ou claro que sim?

Lá vai as testadas e aprovadas pela família Callado:

Suco verde:

1 folha de couve

1 pepino japonês

1 maçã verde com casca

1 limão espremido

1 pedacinho de gengibre

hortelã (opcional, a gosto)

água

– Pique os ingredientes e bata no liquidificador. Embora seja mais indicado sem filtro, pelas fibras, confesso que prefiro coado.

Suco Rosa

1 beterraba pequena

1 cenoura pequena

1 maçã vermelha

400ml suco de laranja

1 pedacinho de gengibre

água (opcional)

– Pique os ingredientes e bata no liquidificador. Eu fiz com filtro, mas tive a impressão que este pode ser feito sem coar que não terá tanto “bagaço”

– Como na Runner’s World deste mês de fevereiro diz que para melhor aproveitamento dos benefícios da beterraba,o ideal é não consumi-la juntamente com a laranja, no próximo suco devo trocar a laranja pela poupa de morango (mais ação anti-inflamatória!!)… depois eu conto o resultado!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Verde que te quero Rosa

  1. Olá Carla.
    Também comecei a fazer mais sucos em casa e bem agora estragou a máquina rsrsrs. Ah, aproveitando deixo mais uma dica pro teu “Barato da Corrida” O Esquenta Panturrilha agora dá medalha por apenas 20 reais cada edição.
    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s