Chupa essa barriga, mulher!

barriga-chapada-treinamento-funcional

Quando você corre, você lembra de contrair o abdômen? Não? O meu técnico sempre me orientou nesse sentido, mas a verdade é que nunca lembrava disso, preocupada com a passada, com o movimento dos braços, com a respiração… tanta coisa pra controlar quando a gente se dispõe a correr mais e melhor…

No mês de junho estive um pouco ausente do blog, muito por não saber o que falar… Cheguei a comentar que estava com medo de ter uma lesão mais séria e parti para uma verdadeira maratona de exames e consultas para descobrir que maldita dor era aquela do lado esquerdo, entre o abdômen e a virilha.

Então… Descobri. E não gostei muito da resposta. Foi diagnosticada uma “hérnia do esporte” (leia mais aqui) O nome é sugestivo e na maioria dos sites que li a respeito, diz que é mais comum em homens do que em mulheres e, principalmente, em atletas de alta performance.

Claro que tive que rir desta informação… Logo eu, pobre mortal, atleta amadora, e MULHER tinha que ser premiada?

O meu médico explicou-me que o estiramento dos músculos do abdômen normalmente decorre de uma predisposição mas que pode ter ocorrido o dano num único esforço maior que eu tenha feito (lembro que fiz um treino “Power” de agachamentos no sábado dia 11/05 e no dia 12/05 atingi minha melhor marca em prova de 5km, de forma que sei que dei realmente uma forçada naquele final de semana em que comecei a sentir dor) e que pode ter se estabilizado/cicatrizado por que a dor passou quando diminui a intensidade dos treinos. Mas também, este estiramento – que é uma hérnia insicipiente, muito pequena – pode evoluir para uma hérnia inguinal verdadeira, o que exigirá uma cirurgia e um mínimo de 90 dias sem treinar.

Assim, o médico liberou-me para treinar normalmente, mas pediu para voltar em 90 dias para novo ultrassom. Nesse período, ele poderá observar se os meus músculos do abdômen se recuperaram, se a situação se estabilizou ou se piorou.

Caso nos treinos eu volte a sentir dor, devo retornar mesmo antes dos 90 dias, para repetir o exame e, se for o caso, agendar cirurgia e evitar uma emergência.

Até lá, sabe qual é a recomendação? Treinar normalmente e… chupar a barriga! Abdômen contraído pra treinar sempre é o único jeito de tentar previnir… Então, #ficaadica !

Anúncios

4 pensamentos sobre “Chupa essa barriga, mulher!

    • Fábio, fui antes num orto especialista em quadril e, mesmo com ressonância, não achou nada. Daí mandou eu consultar com um cirurgião geral. Optei pelo Hospital Marcelino Champagnat e “caí” com o Dr. Ilário Froehner Jr, que é na verdade coloproctologista. Gostei bastante do atendimento dele, se mostrou preocupado, pediu exame mesmo não tendo detectado a hérnia em exame clínico e se mostrou preocupado em evitar prejudicar meu treinamento… http://www.dr-ilario.com.br

    • Isso, Luizz! Para tentar proteger um pouco o abdomen, principalmente nos esforços maiores, como tiros, o ideal é manter o abdomen contraído… Pelo que entendi, a hérnia tem ainda causas relacionadas à má formação da parede do abdomen, mas que, quem tem o problema só vai saber quando descuidar num esforço físico maior…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s