Quem tem medo de lesão?

virilha

Acho que a Fer, em um dos seus primeiros posts por aqui, falou uma vez que todo corredor mais dia menos dia irá se lesionar… E, de fato, as lesões, na corrida, representam o grande Bicho Papão das conversas entre corredores…

Eu nunca quis acreditar muito  – mais uma vez batendo na mesma tecla – pois sempre defendi que se buscarmos ajuda profissional, tanto médica como principalmente de um educador físico, poderemos correr cada vez mais e melhor de forma segura.

No entanto, pela primeira vez, estou com medo.

No dia 12 de maio foi a Stadium Marathon, que, apesar do nome, era uma corrida de 5 ou 11K entre os estádios de futebol de Curitiba.

Corri os 5K, claro, e alcancei o meu objetivo de fechar a prova na casa dos 25’. Fiz 00:25:34.

No entato, depois da prova comentei com um dos técnicos que havia sentido um pouco de dor no abdômen.

Não dei muita bola, na verdade.

O problema é que essa dor, esse incômodo logo abaixo do umbigo tem persistido ao longo dessas últimas semanas. Sinto principalmente à noite, ao me virar na cama e ao alongar o lado esquerdo do corpo, o que está dificultando principalmente os treinos de musculação.

Nos últimos dias, começou a doer também a região da virilha… Talvez seja algo similar ao que a Helena do “Correndo de Bem com a Vida” já tratou aqui

Depois de muito adiar, fui num médico especialista em quadril na sexta. Ele me pediu uma ressonância magnética, bilateral, do quadril, além de um raio x. Mas além disso, pediu para que consulte outro médico, especialista em cirurgia do abdômen. Marquei para o dia do meu aniversário… De presente, espero boas notícias!

Anúncios

4 pensamentos sobre “Quem tem medo de lesão?

    • Oi, Luiz! Como a gente ama correr, o jeito é se cuidar pra continuar por muuuito tempo! Fiz a ressonância, mas só terei o resultado mais para o fim de semana… Vai dar tudo certo, sim, pra ambos! Se cuide!

  1. Carlinha, fui lendo seu post e lembrando da minha lesão na virilha. Ela não está 100% ainda. :/ Mas, se o que eu for dizer aqui serve para por uma sorriso no rosto, o fortalecimento muscular está me ajudando, e MUITO. Consultar um profissional foi uma excelente ideia. E te digo, eu também dizia que com cuidados a gente não sentiria as lesões. Acho que por colocarmos nosso corpo em ritmo mais forte a gente se submete a um esforço demasiado para o preparo físico, mesmo fazendo o que o treinador diz e a academia. Veja que até atletas super orientados se lesionam (recentemente o Marilson Gomes abandonou uma prova com dores).
    Obrigada pela menção do bloguinho.
    Melhoras e um super Feliz Aniversário (que tenhas boas nbotícias)
    Beijos
    Helena
    correndodebemcomavida.blogspot.com
    @Correndodebem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s