E acabou-se o que era doce (É o jeito!)

Ninguém nunca disse que era fácil ficar em forma. Ninguém nunca disse que “chegando lá”, era fácil manter.
Passado o Carnaval, é hora de fazer o balanço do período de festas… Ou melhor, “a balança”…
Hoje foi minha primeira bioimpedância depois do Natal, Férias, Ano Novo e Carnaval. Quer saber o resultado? Exatamente aquele que o espelho e minhas roupas já estavam avisando: Massa magra a menos, gordura a mais.
roupa-apertada
É, meninas, a verdade é uma só. Não há milagres.
Reeducação alimentar não é dieta. É pro resto da vida. Mesmo continuando com os treinos, ainda assim não dá pra abusar.
Agora, lembro daquela frase já batida, de que o importante não é o que a gente come entre o Natal e o Revéillon, mas sim o que comemos entre o Revéillon e o Natal, e literalmente terei de correr atrás do prejuízo.
Como a verdade dói, estou um pouquinho triste, mas não surpresa nem desanimada. Um incentivo a mais para não relaxar e dar meu melhor…
Fácil não é, não. Se fosse não tinha graça.
E vocês? Agora não tem mais desculpas, o Carnaval já passou e o ano começou definitivamente… Bora correr? Bora baixar o ponteiro da balança e os minutos do cronômetro!

Carnaval, descanso ou correria?

Então… 2013 começou com tudo e não está dando trégua!
Estou treinando de 6 a 8 vezes por semana, somando-se as corridas e a musculação. Ainda trabalho o dia todo e tenho um marido e uma enteada adolescente em casa… ufa! Quer mais?
Assim, fica difícil escrever… 😦

image

Agora,  no Carnaval,  a idéia é manter a rotina de treinos e descansar todo o resto do tempo, sem falar na visita à casa da mãe, pra matar a saudade.
E vocês? Quais os planos?  Quem fixar em Curitiba,  vai correr onde?