Dica de leitura – Sugar Blues: o gosto amargo do açúcar

Olá meninas,

Me digam uma coisa: quão importante é para você o seu “docinho” de cada dia?

Você acha que simplesmente não poderia viver sem sua dose diária de açúcar refinado?

Bem eu tenho uma má notícia pra você, talvez você simplesmente não possa viver bem com ela também, especialmente se for uma boa dose diária de sacarose!

Se você for corajosa, especialmente se você se sente cansada o dia todo e sem energia para nada, se você não tem medo de mudanças em sua vida eu indico a leitura desse livro:

 

Tenha certeza que você nunca mais vai ver o açúcar refinado (sacarose) com os mesmos olhos!

Basicamente, segundo esse livro, o açúcar refinado é o responsável por praticamente todos os males que já assolaram a humanidade (desde a invenção do açúcar refinado, óbvio).

O livro coloca a sacarose na categoria das drogas pesadas e altamente viciantes, tais como heroína e cocaína.

Sacarose do mal

Perceba que o açúcar do mal é a sacarose. O livro faz distinção entre os diversos tipos de açúcares:

“O uso da palavra carboidrato para descrever o açúcar é deliberadamente enganador.”

“Sacarose é o açúcar refinado feito de cana-de-açúcar e beterraba.”
“Glicose é um açúcar encontrado, geralmente junto com outros açúcares, em frutas e vegetais. É um material chave para o metabolismo de todas as plantas e animais. Diversos dos principais alimentos que ingerimos são transformados em glicose em nossos corpos. “
“Frutose é o açúcar das frutas.  Maltose é o açúcar do malte. Lactose é o açúcar do leite”
“Dextrose , sinteticamente derivada do amido, é freqüentemente chamada também de ”açúcar do milho””
“A utilização da palavra açúcar para descrever duassubstâncias que estão longe de serem iguais, que possuem estruturas químicas diferentes e que afetam o corpo de maneiras completamente diferentes, nos leva à confusão.”
” A glicose sempre foi um elemento essencial na corrente sangüínea do ser humano(…) Quando a palavra açúcar pode significar a glicose em nosso sangue, assim como a sacarose em sua Coca-Cola, é ótimo para os vendedores de açúcar, mas é péssimo para o resto do mundo”
Segundo o livro o açúcar refinado (sacarose) é um antinutriente, ou seja, ele não apenas não traz absolutamente nada de nutritivo para o corpo, como ainda precisa retirar vitaminas do corpo para ser digerido já que o corpo não consegue metaboliza-lo.
Relata ainda que se uma pessoa tivesse que sobreviver alguns dias de nada ou apenas açúcar refinado, valeria mais apenas a pessoa ficar com ‘nada’ já que o  consumo da sacarose apenas acabaria com as reservas de vitamina da pessoa.
Meninas isso é só para vocês terem uma idéia e não ficarem muito assustadas de uma só vez, pois é um verdadeiro horror! De dar medo!
O que eu posso dizer é que a fatídica coxinha acaba de perder seu posto de primeiro alimento do mal para a sacarose! Pra dizer a verdade ela virou quase uma Santa perto do açúcar refinado depois desse livro. hahahahah

Coxinha do bem?!?!? Também não exagera coxinha! Você continua no banco dos réus!

 

Sério gente, claro que “coxinha santa” é um exagero! Não vá sair comendo coxinhas feito doida por aí!

Eu nem terminei de ler o livro ainda, faltam umas 20 páginas, mas estou super horrorizada!

Minha última resolução do ano é a guerra a sacarose! rs

Guerra a sacarose!

E gente não é fácil! Muita gente já me disse: “ah mas eu nem como doce” ! Ahãm!!! Tá bom. Você já viu quanto açúcar refinado tem “escondidinho” nos alimentos industrializados que você consome? Você já deu uma olhada naquela sua caixa de cereal ‘saudável’ ou ‘granola do bem’? Nos gongelados? Nos salgadinhos? Nas bolachinhas salgadas? No molhinho de salada? No catchup ? Na mostarda?É um sem fim de alimentos entupidos de açúcar refinado, e você acha que não come sacarose…

Você tem idéia de como é difícil achar um simples molho de tomate  sem açúcar? Eu tenho, porque precisei ir no mercado municipal comprar um orgânico pois não achei no mercado! Ah e cuidado, mais de metade dos molhos orgânicos também tem açúcar refinado!

Informe-se amiga! Na pior das hipóteses se realmente você quer, e vai comer açúcar refinado, que seja um consumo cosnciente. Não seja enganada!

Se você ficou interessada e quer dar uma olhadinha no livro, lá vai o link:

http://pt.scribd.com/doc/43805635/2/O-Gosto-Amargo-do-Acucar

E depois me conte o que achou! Eu vou terminar de ler também e qualquer novidade posto aqui!

Muitos beijos

Fica a inspiração

Aposto que essa barriga nem sabe o que é sacarose! rs

 

Anúncios

4 pensamentos sobre “Dica de leitura – Sugar Blues: o gosto amargo do açúcar

  1. Oie Feh 😀 Nossa meu, só dando uma lida no que você escreveu já dá nojo mesmo :O vou tentar comprar o livro, me interessei pra caramba haahaha.
    Que bom que voltou a postar lo boa corrida por ae, eu não vejo a hora de voltar 🙂

    beeeijos!

    • Preocupante né? Rs. Tudo tem açúcar. E pior ainda uando ele está listado entre sprimeiros ingredientes! Estou tentando cortar geral, eu já comia pouco, mas acredite só de dar m cortada violenta estou sentindo muito menos fome! Impressionante! É isso aí prima, não eve nada pra casa sem ver as infrmações do produto. Juitas coisascse disfarçam de saudáveis , mas sao uma verdadeira gororoba! Só nào ve quem não quer… Beijao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s