Mudanças

Algumas mudanças na vida da gente acontecem abruptamente.
Outras, vão chegando de mansinho, a gente nem percebe e quando vê, já nos dominaram por completo.
Eu vou confessar que sempre fui resistente à alteração de minha rotina, não querendo abrir mão do que eu achava essencial – ter uma vida social, para mim, era sinônimo de festa, balada, jantares, petiscos e, claro, bebidas alcóolicas – o famoso “só bebo socialmente”.
E, antigamente, a gente ainda brincava: “Já viu alguém marcar de se encontrar pra bater um papo na academia? Isso não existe!”
Então… Aos poucos, comecei a cuidar da minha alimentação, aos poucos (e bem aos poucos) comecei a praticar uma ou outra atividade física… sem deixar a balada, sem deixar o barzinho, a eventual “feijuca” de sábado, ou a tequila de sexta-feira à noite…
No entanto, aos poucos, foram surgindo convites para reunir os amigos para pedalar, ou para correr juntos… Sem falar no evento que se transforma cada prova em que todos os amigos corredores se encontram – a Fila Night Run é prova disso!
Assim, aos poucos a gente vai percebendo que até mesmo os amigos mudam. Não que a gente não queira mais sair com os amigos da balada, eles continuam amigos, mas a gente acaba se afastando um pouco, por que as preferências mudam: “Não, não poderei sair este sábado, por que tenho corrida domingo pela manhã…” ou “Não vou para a feijoada por que iremos pedalar até a praia…”
Agora, e somente agora, estou pensando se não vale a pena mudar mais um pouquinho… E abrir menos brechas à dieta. Sempre gostei de ressaltar que não faço regime. O que faço é me alimentar corretamente, moderadamente, de forma que não há alimentos proibidos.
Minhas prioridades mudaram. Meus objetivos mudaram. Meu conceito de “diversão” mudou… Pra que álcool, por exemplo, quando a gente pode “tomar um porre de endorfina”?
Hoje, eu não corro para emagrecer. Hoje, busco emagrecer para correr melhor. Talvez seja a hora de começar a pensar em “vetar” algumas coisas e a bebida alcoólica , mesmo que “social” é a primeira da lista.

“Nunca pensei que um esporte pudesse mudar toda a minha perspectiva de vida – até eu começar a correr.” – foto divulgada hoje pelo facebook da “Correr pelo Mundo” que veio bem a calhar!

Anúncios

3 pensamentos sobre “Mudanças

  1. Carla, eu acredito que a verdadeira mudança é um processo! Eu também mudei aos pouquinhos e hoje tudo o que faço faz parte da minha rotina normal. As pessoas as vezes acham esquisito a gente passar horas na musculação, madrugar para correr no domingo, ter uma rotina de alimentaçao e suplemento e dispensar as sobremesas gordas. Mas quer saber? Isso me dá muito prazer! Eu estou muito mais feliz, disposta, e saudável do que antes. Então dane-se o que os outros pensam! A gente tem é que ser feliz.
    Eu lembro que achava o fim da picada alguém carregar marmitas de dieta, e olha só pa mim! Eu totalmente amoooo as minhas marmitas. Sinceramente eu as carrego não com sofrimento, mas com prazer. Eu amo comer as minhas coisinhas saudáveis, e acredite se quiser, na TPM eu tenho mais vontade de comer maça do que chocolate
    Mas isso não aconteceu do dia para noite. Comecei primeiro a me exercitar, em agosto do ano passado, e só em fevereiro, quando eu jjá tinha amor pela atividade física comecei a cuidar da alimentação. Parei de tomar refri, depois passei a tomar quase só água ( raramente tomo suco), comecei a usar suplementos, e a carregar marmitas, diminui 99% o consumo de acúcar refinado.Tudo uma coisa de cada vez. E a cada progresso que faço me sinto melhor. Acho que o céu é o limite na busca de uma vida saudável!
    Eu te apoio totalmente, concessoes na alientação saudável, para mim, são para ocasiōes específicas em que você está com muiiiita vontade. Comer só porque a gorooba está disponível para mim nào tem o menor sentido. Sempre vai ter gororoba disponível. Todos os dias, então não tem porque ” aproveitar a ocasiao” .
    Tenho derteza que vc vai ficar felz om sua escolha! Beijocas

  2. Oi Carla, filha te vejo cada vez mais linda, mais corajosa, mais determinada e cada vez fico mais orgulhosa de ser tua mãe, mas este post hoje me fez muito, mas muito feliz. Amei! Beijão da mamãe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s